Rede observatório. Recursos Humanos em Saúde

Estação de Trabalho OBSERVATÓRIO HISTÓRIA E SAÚDE

Iniciativas


Cursos e minicursos em andamento

.

Curso: História da saúde no Brasil

Objetivos do curso: O curso tem como objetivo discutir a história da saúde no Brasil do século XVIII até os tempos atuais, procurando identificar rupturas e permanências no pensamento e nas ações de saúde. Por intermédio da historiografia, discutiremos as formas como, em diferentes contextos, a assistência à saúde foi organizada; o modo como se enfrentou epidemias e se organizou serviços de saúde. Nesse debate, serão consideradas as principais correntes de pensamento médico-sanitário que pautaram as ações de saúde, no Brasil e também no contexto interamericano, além da institucionalização dos saberes médico-científicos na atuação dos médicos e de sua tradução nas políticas públicas de combate de epidemias e das grandes endemias que atingiam o território nacional. A articulação entre o Estado e iniciativas privadas em saúde também estará em foco em nossos encontros.

Público: mestrandos e doutorandos

Acesse a ementa aqui.

Data:  Segundo semestre de 2017

Curso: Metodologia da Pesquisa Científica

Objetivos do curso: A disciplina se propõe a discutir aspectos essenciais que devem ser observados durante o processo de elaboração edesenvolvimento do trabalho de conclusão de curso, com ênfase na escolha do tema, focalização do problema, atenção aos conceitos e o recurso ao método. A intenção da disciplina é funcionar como uma linha auxiliar ao trabalho desempenhado pelos orientadores, visando melhorar o conhecimento do aluno sobre a prática cientifica.

Público: alunos do curso de especialização em Gestão de Hemocentros da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz)

Acesse ementa aqui

Data:  Primeiro semestre de 2016 - primeiro semestre de 2017

.


Cursos e minicursos finalizados

.

Curso: O parto sob perspectiva histórica: sentidos e práticas da medicalização

Objetivos do curso: A partir das últimas décadas do século XIX, o parto ingressou definitivamente no âmbito da medicina e, aos poucos, foi se transformando em um evento completamente medicalizado. Esse processo histórico se ampliou fortemente no decorrer do século XX, em diversas regiões do globo, trazendo consigo importantes vantagens relacionadas, principalmente, à diminuição dos índices de mortalidade materna e neonatal. No entanto, a intensificação da medicalização do nascimento também aponta para problemas, à medida que a excessiva tecnologização tem gerado críticas e insatisfações principalmente no que concerne às consequências clínicas, físicas e emocionais do excesso de intervenções. Este curso objetiva potencializar a produção de reflexões críticas sobre o processo de medicalização do parto na contemporaneidade a partir de uma perspectiva sócio-histórica e de saúde coletiva.

Público: mestrandos e doutorandos

Acesse a ementa aqui.

Data:  Primeiro semestre de 2017

Curso: Gênero, Biomedicina, História e Saúde Pública

Objetivos do curso: Apresentar aos alunos os estudos sociais das ciências e das técnicas no campo da saúde e da medicina, em perspectiva histórica e contemporânea, e suas interseções com estudos críticos de gênero.

Público: mestrandos e doutorandos

Acesse a ementa aqui.

Data:  Segundo semestre de 2016

Curso: A Reforma Sanitária Brasileira e a construção do Sistema Único de Saúde (1970-1980) - história e historiografia.

Objetivos do curso: O curso se propões a discutir a dinâmica da Reforma Sanitária Brasileira (RSB) dos anos 70/80, situando-a no seu contexto gerador, buscando compreender os argumentos e perspectivas definidas por alguns dos principais interpretes da RSB. Outro objetivo do curso é refletir sobre as diferentes narrativas e discursos em torno da reforma sanitária, tendo em vista melhor compreender esse movimento e eventualmente multiplicar perspectivas que permitam uma melhor avaliação do já alcançado e aquilatar os desafios à frente.

Público: mestrandos e doutorandos dos Programas de Pós-graduação em História das Ciências e da Saúde, na Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz, e do ICICT/Fiocruz e do IMS/UERJ.

Acesse a ementa aqui.

Data:  Primeiro semestre de 2016

.

Minicurso: “História da Saúde no Brasil”

Objetivos do curso: O curso tem como objetivo apresentar uma visão histórica das relações entre pessoas, doenças e médicos em seus respectivos contextos sociais e culturais. Procuramos observar como, ao longo de nossa história, a saúde e a doença foram vistas de diferentes maneiras, sendo alvo de distintas práticas médicas individuais e coletivas. Além disso, voltamos nossos olhos para a trajetória das iniciativas públicas, filantrópicas e privadas direcionadas à saúde da população, no período que se estende entre o Império e os primeiros passos do Sistema Único de Saúde. No âmbito dessa temática, teremos como principal foco as políticas de saúde e as relações destas com as doenças que em diversos momentos foram consideradas como entraves ao desenvolvimento nacional e problemas sociais expressivos.

Público: pesquisadores e estudantes inscritos no 28 Simpósio Nacional de História (Florianópolis, 27-31 de julho de 2015)

Acesse a ementa aqui.

Data: Segundo semestre de 2015

.

Minicurso: “Cooperação Internacional em Saúde: o que a bioética tem com isso?”

Público: estudantes, pesquisadores e interessados inscritos no XI Congresso Brasileiro de Bioética (Curitiba, PR – 16 a 18 de setembro de 2015).

Maiores informações aqui

Data: Segundo semestre de 2015.

.

Minicurso: As Bases das Ciências Biomédicas

Objetivos do curso: Partindo da perspectiva histórica,o cruso teve como objetivo discutir os fundamentos dos conhecimentos em biotecnologia e biociências, o processo recente de desenvolvimento desses campos, assim como seus desdobramentos na sociedade.  

Entre os tópicos que abordados nas aulas, estão: o papel das técnicas materiais, cognitivas e sociais no campo da biomedicina; as transformações introduzidas pela homogeneização e estandardização das práticas médicas; o incremento do papel regulador do Estado no campo biomédico; o fortalecimento do enfoque da gestão dos riscos à saúde e o veloz desenvolvimento das técnicas de diagnóstico e cuidados.

Organizado pelo historiador Luiz Antonio Teixeira (COC/Fiocruz) e pela professora Ilana Löwy, do Instituto Nacional de Pesquisa Médica e de Saúde (Inserm, França), o curso terá participação da professora Simone Kropf (COC/Fiocruz), o minucurso ocorreu entre os dias 09 e 25 de novembro de 2015.

Maiores informações aqui.

Data: Segundo semestre de 2015.

.

Curso: Saúde, Estado & Sociedade

Objetivos do curso: Curso teve como objetivo capacitar os alunos a enquadrar as discussões sobre o Sistema Único de Saúde brasileiro no contexto mais amplo da economia política e do processo histórico que perpassa a sua construção, proporcionando ao aluno elementos para uma melhor compreensão da trajetória do SUS e dos seus atuais desafios e perspectivas.

Público: alunos do curso de MBA em Inovação na Gestão Pública oferecido pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) aos funcionários da universidade.

Acesse a ementa do curso aqui

Data: Segundo semestre de 2014 - primeiro semestres de 2015.

.

Curso: História e organização do Sistema da saúde brasileiro

Objetivos do curso: Apresentar uma visão geral sobre a trajetória da saúde pública no Brasil entre o Império e a formação do Sistema Único de Saúde; discutir a organização atual do sistema de saúde brasileiro, suas dificuldades e desafios.

Público: trabalhadores da Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz

Acesse a ementa do curso aqui.

Data: primeiro semestres de 2014.

.

Minicurso:  Diplomacia em Saúde e Direitos Humanos: história e contemporaneidade

Objetivos do curso: A proposta do curso foi realizar uma análise histórica até a agenda atual da relação entre Direitos Humanos, cooperação internacional e saúde, principalmente ao que tange a Cooperação Sul-Sul, tema de estudos do Núcleo de Estudos sobre Bioética e Diplomacia em Saúde (Nethis).

Público: estudantes, pesquisadores e interessados inscritos no X Congresso Brasileiro de Bioética (Porto Alegre, RS – 14 a 18 de novembro de 2012).

Mainformações sobre o curso aqui

Data: segundo semestre de 2012. 

.

Curso: Saúde, C&T e sociedade

Objetivos do curso: Abordar aspectos históricos e sociais da construção do campo da saúde pública e as reformas da saúde no Brasil de Oswaldo Cruz ao SUS (1900 a 1988), conteúdos relacionados ao desenvolvimento e a construção do SUS - princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS) e políticas atuais do SUS de interesse na análise do contexto da ciência e tecnologia em saúde.

Público: alunos do curso de Especialização em Informação Científica e Tecnológica em Saúde.

Acesse a ementa do curso aqui.

Data: segundo semestre de 2012. 


Saúde. Ministério da Saúde | logotipo da Fundação Oswaldo Cruz | logotipo da OPAS

Este sítio foi desenvolvido pela Casa de Oswaldo Cruz | Fiocruz